Seminário de Vida no Espírito para Crianças

Palavra que nos norteará:
“quando um homem ouve a palavra do Reino e não a entende, o Maligno vem e arranca o que foi semeado no seu coração.” Mateus 13,19

Não perca a oportunidade de plantar uma semente boa nos corações dos pequeninos que vem ao seu grupinho!


Você quer plantar e depois perceber que sua plantação está seca? Quer plantar e ver o mal arrancar suas plantas de do lugar seguro? Valorize este momento, saiba que esta é mais uma grande oportunidade que teremos de chegarmos aos corações das crianças e de plantarmos uma semente boa nos corações dos pequeninos que vem ao nosso grupinho, algumas sabemos que virão pela primeira vez e em alguns casos sabemos que esta pode ser uma oportunidade única de falarmos de Deus pra ela, por isso é importante acolhê-las bem para que elas voltem, plantar é nossa missão, portanto façamos com alegria!

SOBRE OS ENCONTROS

Quantidade de Encontros: 09 (nove) -  viveremos  09 semanas consecutivas de anúncio querigmático – primeiro anúncio – ou seja durante as 09 semanas falaremos de Deus como se fosse pela primeira vez às crianças e cada encontro (tema) deverá ser conduzido de modo que a palavra não se perca e sim entre definitivamente no coração de todas as crianças.

  1. Conteúdo (temas)
      I.        SEMEADOR
    II.        AMOR DE DEUS (DEUS É AMOR)
   III.        RESISTÊNCIA À GRAÇA (PECADO)
  IV.        JESUS SALVADOR
   V.        FÉ E CONVERSÃO
  VI.        SENHORIO DE JESUS (RENÚNCIA ÀS FALSAS DOUTRINAS)
 VII.        CURA INTERIOR
VIII.        BATISMO NO ESPÍRITO SANTO
  IX.        AMOR ENTRE OS IRMÃOS E VIDA EM COMUNIDADE
  1. Duração de  cada encontro (TEMPO DO GRUPINHO DE ORAÇÃO)
-          10 min.acolhida e  animação
-          30 min para pregação
-          30 min para atividade
-          20 min para louvor e partilha
TOTAL: aproximadamente 1:30 hrs – após o encontro VIII – BATISMO NO ESPÍRITO SANTO aumentar 10 minutos para este momento
4.    Realização de Cada Parte (durante os encontros)
a)    Acolhida e Animação
-          Receber as crianças com alegria e escolher músicas de acordo com o tema
b)   Pregação
-          Ficar atento a escala de pregadores designada pelo Ministério para Crianças – não sair do tema – colocaremos no BLOG: rcccriancauberlandia.blogspot.com ou se quiser por email, envie-nos um email para rcccriancauberlandia@gmail.com
-          Utilizar recursos visuais para as pregações para que a mesma seja eficaz
c)    Louvor e Partilha
Este é o momento de incentivarmos as crianças a falar com Deus. É também o momento que ouvimos seus testemunhos diante das histórias contadas.
d)   Atividade
-          Esta não é nossa prioridade, pois nossa prioridade é levar as crianças a terem um encontro pessoal com Deus, mas por ela trazemos muitas crianças para o grupo. Por isso, prepare a atividade com antecedência para que a mesma não fique muito difícil pois o tempo pode ser pouco e também para que dê tempo delas a executarem de modo que a levem para casa pronto.
5.    PREPARAÇÃO DOS TEMAS
-          Será postado no blog ou enviado por email (quem quiser impresso pedir com antecedência) -  rcccriancauberlandia.blogspot.com ou se quiser por email, envie-nos um email para rcccriancauberlandia@gmail.com – os temas do Seminário com suas atividades e modos de condução. Caso haja alguma dúvida envie-nos um email ou entre em contato com algum membro do núcleo diocesano do Ministério para crianças:
6.    RELATÓRIO SEMANAL
Após cada tema aplicado, se possível no mesmo dia, o responsável pelo grupinho de cada comunidade deverá fazer uma avaliação sobre tudo que aconteceu naquele dia e enviar para o email: rcccriancauberlandia@gmail.com se possível tirar fotos e também enviá-las pois estaremos publicando em nosso BLOG (rcccriancauberlandia.blogspot.com)


TEMA 1: SEMEADOR
"Eis que o semeador saiu a semear. E, ao semear, uma parte caiu à beira do caminho; foi pisada, e as aves do céu a comeram. Outra caiu sobre a pedra; e, tendo crescido, secou por falta de umidade. Outra caiu no meio dos espinhos; e, estes, ao crescerem com ela, a sufocaram. Outra, afinal, caiu em boa terra; cresceu e produziu a cento por um" (Lucas 8:5-8)
Trabalhar estas 4 lâminas( http://catiscoelho.blogspot.com.br/2011/06/parabola-do-semeador-visuais-coloridos.html)

Reflexão para os Evangelizadores
Sobre o “Semeador”:  trabalho do semeador é colocar a semente no solo. Nossa missão portanto é colocar a semente da palavra de Deus no coração de cada criança durante este seminário. Se deixarmos a semente guardada em potes ou mesmo armários estas jamais produzirão plantação nenhuma. Quem vai plantar não tem a mesma importância que o solo e a semente, mas este deve sim saber da importância de seu trabalho, por isto se prepare bem para este momento que pode ser único! Plante sempre, pois como diz na palavra de Deus, nós plantamos mas será ELE quem os fará crescer: “Eu plantei, Apolo regou; mas Deus deu o crescimento.Por isso, nem o que planta é alguma coisa, nem o que rega, mas Deus, que dá o crescimento.” (1 Coríntios 3:6-7).
Sobre a “Semente”: A semente é a Palavra de Deus. E ELA é uma só. Nossa boca fala daquilo que nosso coração esta cheio. Cada palavra deve ser dita com autoridade. Autoridade em Deus! Cada criança que trouxermos para Deus será resultado da boa semente plantada. Fique atento para não sair do foco: se a semente é a palavra de Deus, é sobre ELE que tenho que falar, sobre o que tem na palavra e não em outros livros ou leituras. Portanto leia bastante a Bíbíblia, estude-a e reflita sobre o que Deus fala pra você antes de levar a palavra às crianças. A palavra de Cristo permaneça entre vós em toda a sua riqueza, de sorte que com toda a sabedoria vos possais instruir e exortar mutuamente. Sob a inspiração da graça cantai a Deus de todo o coração salmos, hinos e cânticos espirituais.”(Colossenses 3:16).A semente precisa despertar nelas o gosto pela oração, pela igreja, pela palavra de Deus, por tudo aquilo que é de Deus. Não deixe sua semente guardada em armários, se não ela pode apodrecer ou mesmo os ratos a comerem, assim você não cumprira sua missão evangelizadora! A palavra de Deus é como uma “isca” que Deus usa para atrair os peixes que ele quer salvar!
Sobre os “Solos”: A mesma semente será plantada em solos muito diferentes. E o que determina em “que” dará esta semente será o coração de quem a receber. Aqueles corações duros, que não permitem a entrada de nada, jamais serão transformados. Quem não permite-se abrir e receber transformações, será sempre seco porque não permitiu que Deus o transformasse. As raízes das plantas, no solo pedregoso, nunca se aprofundam. Durante os tempos fáceis, os brotos podem parecer interessantes, mas abaixo da superfície do terreno, as raízes não estão se desenvolvendo. Como resultado, se vem uma pequena temporada seca ou um vento forte, a planta murcha e morre. Os cristãos precisam desenvolver suas raízes por meio de fé em Cristo e de estudo da Palavra cada vez mais profundo. Tempos difíceis virão, e somente aqueles que tiverem desenvolvido suas raízes abaixo da superfície sobreviverão. Quando se permite que ervas daninhas cresçam junto com a semente pura, nenhum fruto pode ser produzido. As ervas disputam a água, a luz solar e os nutrientes e, como resultado, sufocam a boa planta. Existe uma grande tentação a permitir que interesses mundanos dominem tanto nossa vida que não nos resta energia para devotar ao crescimento do evangelho em nossas vidas.
O bom solo é vem daquele que está aberto a ouvir, acolher e a produzir novos frutos. Que tipo de terreno eu sou? Se eu descobrir qual a espécie do meu solo, poderei ajudar outros a prepararem o seu.

SUGESTÃO PARA PREGAÇÃO
Vamos precisar:
1-    Uma árvore bem bonita com frutos coloridos e apetitosos
2-    Sementes, pode ser de girasol, ela é grande e as crianças acompanham a historia melhor
3-    Quatro fundos de garrafa pet – cada um preparado para um tema do semeador, enfeite os potes para que fiquem atrativos e o pote do solo fértil deixe-o mais simples.
·         Vaso 1: preparar com terra apenas
·         Vaso 2: preparer com terra e algumas pedras dentro
·         Vaso 3: preparer com terra e alguns espinhos ou galhos secos entrelaçados
·         Vaso 4: preparar com terra boa
4-    Uma bíblia feita em caixa de sapato e dentro colocar: uma imagem de Jesus, palavras como consolo, conforto, alegria, coragem…
5-    Uma roupa branca para o contador da história que sera um anjo

O SEMEADOR
Anjo: (chega meio agitado, segurando bem firme nas mãos umas sementes). Olá crianças, eu vim de bem longe pra trazer algo muito especial… Mas não sei direito o que fazer com isso... É uma semente mágica! Ela é muito especial. Ela cresce e da muitos frutos que alimentam nosso corpo e nos ajuda todos os dias. Depois de grande, Sempre que alguém sentir necessidade pode colher um fruto e isso o ajudará. Recebi quatro vasinhos e não sei em qual plantar. Vejam só (mostrar os vasos já preparados de acordo com cada parte da parábola ).Estou na maior duvida (pegar um vaso 1, somente com terra), este é bem sem gracinha... Terra seca... Hum... Gostei gostei tanto desse (mostrar o pote 2, preparado com terra e pedras). Essas pedrinhas colorem o vaso e deixam enfeitado . Acho que vou plantar aqui.... Mas e esse, já tem uma planta aqui (mostrar o pote 3, preparado com terra e espinhos) o solo deve ser bom, acho que vou por aqui...Tá difícil... Ai me machuquei! Esse acho que não...Olha esse parece tão simples, mas esta meio úmido. Pode ser bom... Olha que missão difícil que Deus me deu. Tenho que lançar a semente, ela precisa dar fruto e não sei por onde ir. Alguém pode me ajudar? Em qual você (escolher uma criança) acha que devo plantar? Por que? (ouvir a resposta e perguntar pra outras crianças) Quer saber? Vou plantar em todos (ao pegar o pote 1, vá conversando muito, sem prestar atenção,  jogar as sementes de modo que elas caiam fora do pote, em seguida pegue os potes 2, 3 e 4 e coloque sementes em todos). Aquele que deixar essa semente crescer será muito feliz.
            Sabe crianças essa árvore bonita e frutífera é a palavra de Deus (abrir a Bíblia e tirar de dentro dela as coisas que for falando) ela nos alimenta e encoraja, dá alegria porque traz consolo, conforto, paz... (retirar alguns versículos: “Darei a vocês um coração novo e porei um espírito novo em vocês; tirarei de vocês o coração de pedra e, em troca, darei um coração de carne.” Ezequiel 36:26; “Se algum de vocês tem falta de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá livremente, de boa vontade; e lhe será concedida.”
Tiago 1:5; ) viram como ela é bonita? Mas a palavra é lançada e só colhe os frutos dela quem a entende. Nós somos como esses vasos.
Reflexão sobre o pote 1: as sementes que cairam à beira do caminho são semelhantes àquelas pessoas que vão a missa, ao grupinho, ouvem o que está sendo dito, mas estão prestando atenção ao celular, na roupa que o coleguinha esta vestindo, no sapato... Pensando na novela que perdeu... Enfim, se distrai e não percebe a vontade que Deus está em plantar uma boa semente nela!
Reflexão sobre o pote 2:  sementes que caíram sobre a pedra são aqueles que, ouvem a palavra, a recebem com alegria mas não a mantem viva por muito tempo – as pedras não deixam a raiz se desenvolver, não dão espaço, assim ela logo morre. E enquanto a planta estava de pé acreditavam que ela era bonita, forte e importante,  mas depois que ela morre, deixam de acreditar  e qualquer situação difícil faz com que ela nem se lembre Daquele que a manteve de pé. Assim, se o nosso coração for como esse vaso de pedras, a palavra não irá crescer e não vai frutificar.
Reflexão sobre o pote 3:  a semente que caiu entre os espinhos é semelhante aquele que vem à igreja, ouve falar sobre Deus, acolhe, acredita, mas também dá espaço para as coisas erradas: música feia, programa de tv que incentiva brigas, desobediência, xingamentos... Ela pode até conseguir crescer um pouquinho mais e dar alguns frutos, mas eles nunca vão amadurecer... Ficarão sufocados e morrerão...
Reflexão sobre o pote 4: as sementes que caíram em terra boa são aquelas pessoas que ouvem a palavra, a guardam em seu coração e as usa na comunidade: ajudam a cuidar da igreja, servem a Deus sendo bons de coração e falam sobre Deus e seu amor sem fim a todos !
Se formos como um solo fértil vamos acolher a palavra, molhá-la com a água do amor e colheremos frutos de bênçãos de Deus em nossa casa e nossa família. Você quer que seu coração seja como esse solo fértil? Então põe a mão no seu coração, feche os olhos e reze comigo assim: Senhor hoje estou aqui e quero que meu coração seja como um solo fértil, quero que sua palavra seja acolhida pelo meu coração e entendida pela minha inteligência. Durante esse seminário que eu possa tratar a terra do meu coração para que eu frutifique em minha casa, na escola e onde eu estiver. Amém.

SUGESTÃO PARA O LOUVOR
Leve uma flor e com ela vá passando de mão em mão e cada criança que a recebe deve fazer um louvor.

SUGESTÃO PARA ATIVIDADE
Faça um pote enfeitado com as crianças, leve terra e sementes de girassol.
Após enfeitar os potes, encha-o com a terra (lembre-se de preparar a terra) e distribua as sementes para que as crianças as plantem.







OUTRAS SUGESTÕES:
Você pode fazer estas lâminas abaixo, que encontrei o modelo no blog: http://catiscoelho.blogspot.com.br/2011/06/parabola-do-semeador-visuais-coloridos.html







ATIVIDADE
Sugestão 1


TEMA 2: O AMOR DE DEUS
“Antes mesmo de te formares no ventre materno, eu te conheci; antes que saísses do seio, eu te consagrei” Jr 1,5
“Deus criou o ser humano à sua imagem, à imagem de Deus o criou. Homem e mulher ele os criou.” Gn 1,27

Reflexão para os Evangelizadores
Se somos imagem e semelhança de Deus, temos um grande motivo para justificar nossa existência: um grande amor de Deus por cada um de nós. Cat.§356: “Que motivo vos fez constituir o homem em dignidade tão grande? O amor inestimável pelo qual enxergastes em vós mesmo vossa criatura, e vos apaixonastes por ela; pois foi por amor que a criastes, foi por amor que lhe destes um ser capaz de degustar vosso bem eterno.”
Deus pensou em cada detalhe do nosso ser, Ele desejou nossa existência e nos tornou não apenas algo e sim alguém. Alguém que recebe todas as criaturas da terra para servi-lo e com a missão de cuidar com muita responsabilidade tudo que Deus criou. Alguém com a capacidade de amar a Deus sobre todas as coisas e ainda amar o outro como a si mesmo.
Ele, desde nossa concepção, tinha um plano de amor por nós. Cat. §2323 “ o embrião deve ser tratado como como uma pessoa desde a sua concepção” Cat.§2378 “O filho não é algo devido, mas um dom. O “dom” mais excelente do matrimônio.” E pensando assim, quero muito falar-lhes sobre a concepção. Somente Deus pode explicar uma gravidez. No dicionário a palavra concepção quer dizer “ação pela qual um ser é concebido, gerado” – Deus no momento de nossa concepção, após a união de nossos pais, fez planos para nossa vida. São planos de Alguém que nos ama muito e sabe do nosso valor. Desde o momento de nossa concepção, somos feitos de corpo e alma, não apenas de tecidos e sim cheios da graça de Deus.
Por isso é preciso aprender a observar as características deste amor para que assim possamos reconhecer este amor. Vejamos o que diz na apostila do Seminário de Vida no Espírito da editora RCC Brasil sobre tais características:

Características do amor de DEUS
(retiradas da apostila do Seminário de Vida no Espírito, editora RCC Brasil)
-          INCOMENSURÁVEL (João 3, “16 Com efeito, de tal modo Deus amou o mundo, que lhe deu seu Filho único, para que todo o que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna.”)
-          CARIDOSO (I Coríntios 13, “4 A caridade é paciente, a caridade é bondosa. Não tem inveja. A caridade não é orgulhosa. Não é arrogante. 5 Nem escandalosa. Não busca os seus próprios interesses, não se irrita, não guarda rancor. 6 Não se alegra com a injustiça, mas se rejubila com a verdade. 7 Tudo desculpa, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.”)
-          ETERNO  (I Coríntios 13, 8 “A caridade jamais acabará.”; Jeremias 31, 3 De longe me aparecia o Senhor: amo-te com eterno amor,”)
-          CUIDADOSO, PROTETOR, APAIXONADO (Isaías 43, “1 E agora, eis o que diz o Senhor, aquele que te criou, Jacó, e te formou, Israel: Nada temas, pois eu te resgato, eu te chamo pelo nome, és meu. 2 Se tiveres de atravessar a água, estarei contigo. E os rios não te submergirão; se caminhares pelo fogo, não te queimarás, e a chama não te consumirá. 3 Pois  eu sou o Senhor, teu Deus, o Santo de Israel, teu salvador. Dou o Egito por teu resgate, a Etiópia e Sabá em compensação. 4 Porque és precioso a meus olhos, porque eu te aprecio e te amo, permuto reinos por ti, entrego nações em troca de ti. 5 Fica, tranqüilo, pois estou contigo, do oriente trarei tua raça, e do ocidente eu te reunirei.”)
-          FIEL (Isaías 49, “15 Pode uma mulher esquecer-se daquele que amamenta? Não ter ternura pelo fruto de suas entranhas? E mesmo que ela o esquecesse, eu não te esqueceria nunca. 16 Eis que estás gravada na palma de minhas mãos, tenho sempre sob os olhos tuas muralhas.”)
-          INCANSÁVEL, MISERICORDIOSO, COMPASSIVO, PERFEITO (Oséias 11, “1 Israel era ainda criança, e já eu o amava, e do Egito chamei meu filho. 2 Mas, quanto mais os chamei, mais se afastaram; ofereceram sacrifícios aos Baal e queimaram ofertas aos ídolos. 3 Eu, entretanto, ensinava Efraim a andar, tomava-o nos meus braços, mas não compreenderam que eu cuidava deles. 4 Segurava-os com laços humanos, com laços de amor; fui para eles como o que tira da boca uma rédea, e lhes dei alimento. 5 Ele voltará para o Egito e o assírio será seu rei, porque não quiseram voltar-se para mim. 6 A espada devastará suas cidades, destruirá seus filhos, que colherão assim o fruto de suas obras. 7 Meu povo é inclinado a separar-se de mim, convidam-no a subir para o Altíssimo, mas ninguém procura elevar-se. 8 Como poderia eu abandonar-te, ó Efraim, ou trair-te, ó Israel? Como poderia eu tratar-te como Adama, ou tornar-te como Seboim? Meu coração se revolve dentro de mim, eu me comovo de dó e compaixão. 9 Não darei curso ao ardor de minha cólera, já não destruirei Efraim, porque sou Deus e não um homem, sou o Santo no meio de ti, e não gosto de destruir.”
-          ZELOSO, CIUMENTO (Tiago 4, 5; Dt 4,24)

Sobre todo este amor que vamos falar com as crianças neste próximo encontro. O segundo tema do seminário trata do AMOR DE DEUS – Ele com seu amor caridoso, eterno, cuidadoso, protetor, apaixonado, fiel vem ensinar às crianças sobre o verdadeiro amor e ainda afirmar: EU TE AMO! Esta será nossa missão, mostrar aos pequenos que Deus as ama desde sua concepção.

ACOLHIDA
Desde o momento que chegar, tenha com você um embrulho e diga que chegou do correio bem na hora que você ia para o grupinho, mas como você estava com pressa de chegar no grupinho, nem abriu... Mas depois você abre... (faça com que as crianças fiquem curiosas, se possível compartilhe com outro colega seu que vai estar no grupinho para que ele fique te perguntando sobre o que deve ser) Receba as crianças com muita alegria, pergunte a elas sobre sua plantinha: elas estão cuidando direitinho da semente plantada? Já existe algum sinal de que a semente está germinando? E o que falamos sobre a semente de DEUS, como estão as sementes Dele em nós? (mantenha em mãos o embrulho). Após cantar uma música de acolhida, de animação, sente-se e comece a pregação... Tudo bem, já que vocês insistem vou abrir meu pacote, mas não sei porque vocês querem ver, afinal é meu, eu recebi...

SUGESTÃO PARA PREGAÇÃO
Na pregação vamos conduzir de modo que as crianças tenham a percepção que recebemos uma correspondência
Vamos precisar:
1.      Uma caixa de sapato ou de correio grande (precisa caber o porta jóias do item 3)
2.      Papel para embalar a caixa, como se fosse uma correspondência
3.      Um porta jóias ou mesmo uma caixa de sapatos bem enfeitadinha na cor amarela com um espelho pregado dentro
4.      Duas cartinhas (cartinhas 1 e 2 abaixo) – uma para colocar por fora da embalagem com o nome de quem vai fazer a pregação e outra dentro da caixa, porém de fora do porta jóias

Carta 1 (colocar do lado de fora da caixa do correio, por baixo do nome do destinatário)
Oi  (.................. colocar o nome de quem vai conduzir a pregação)! Como é bom falar com você!Como eu te conheço, você deve ter demorado para abrir o envelope....  E sei também que pelos meus cálculos hoje é (.................. colocar o dia do grupinho de oração) , portanto você agora deve estar no grupinho de Oração! Era assim mesmo que eu queria, o que te mandei não era só pra você. O que te mandei pelo correio não deve ser guardado, muito menos deve-se manter em segredo, preciso que você compartilhe com os outros. Pois bem, saiba que o que te enviei é uma preciosidade e que você vai precisar analisar bem se deve ou não abrir – quero dizer: você e todos que estão com você. Reflitam juntos... Então, querem abrir? Podem abrir, porém leiam todas as cartinhas que encontrarem...



Carta 2 (dentro da caixa do correio, por fora da caixa amarela)

(Pregador)Então (.................. colocar o nome de quem vai conduzir a pregação), o que você acha que é a caixa? E vocês crianças, o que acham que tem dentro desta caixinha bonita, amarelinha... O que será que tem dentro? Vocês a acham bonita? O que vocês estão sentindo ao ver a caixa? Vocês gostam da cor? E dos enfeites? Vejam os detalhes, o que acham?... Vocês fariam uma igual? Mudariam o que?
 (Deus) Enfim, esta é minha caixa: eu pensei muito ao fazê-la – na forma, na cor, nos detalhes! Saibam que ela possui algumas imperfeições (vejam aqui no cantinho, ela apresenta um arranhadinho, aqui também...) mas mesmo assim, esta caixa representa muito pra mim. Desde o momento que eu a desejei, tive muito cuidado ao fazê-la, pois nela eu guardaria aquilo que tenho de mais precioso. Você seria capaz de cuidar dela pra mim?? É preciso cuidar muito bem dela: não riscar ou escrever nela, não deixa-la cair para que não se quebre, não deixar em qualquer lugar, não colocar qualquer coisa dentro dela para que não se misture ao que tem dentro prejudicando o conteúdo.  Enfim, ela deve ser cuidada com muito zelo e por isso pergunto de novo a vocês, acham que estão preparados? Preciso que cuide bem da caixa para que o que tem dentro fique bem guardado e seguro. Que nada do lado de fora possa prejudicar o que nela contem... E aí você pode guardar a minha caixa para mim?(leia pausadamente e permita que as crianças vão respondendo, basta que você vá parando e também vá respondendo a medida que pergunta) Se disser que sim deixarei você conhecer o que guardo na caixa e em seguida você será o meu novo guardião.
Após as crianças assumirem que cuidarão do conteúdo da caixa, coloque-os em uma fila única para que você possa abrir a caixa individualmente.

(Pregador) Então chegou a hora: quero que façam uma fila e eu vou ficar bem aqui pode abrir! Veja o que tenho de mais precioso, minha jóia rara...!
Mostrar a imagem da criança refletida no espelho que está dentro da caixinha amarela, permita que todas se vejam e voltem em silencio para seu lugar sem contar aos demais o que viu, no final, quando todos já tiverem se visto, faça a seguinte reflexão:
Quando estávamos sendo gerados no ventre de nossa mãe, Deus já tinha um plano de amor por cada um de nós. Ele sabia, ainda quando éramos um embrião, qual seria a cor de nossos olhos, a cor de nossa pele, o formato de nossas unhas, a cor dos nossos cabelos, a textura dele, se seria cacheado ou liso... Todo nosso ser já era um sonho de Deus. Assim como nesta caixinha, cada pedacinho foi planejado por alguém, também nós fomos planejados e desejados por Deus. Somos uma caixinha criado por Deus para que dentro dela more o próprio Deus pela ação do Espírito Santo.
Ao olharmos a caixinha percebemos que quem a fez foi bem caprichoso e como dizia na cartinha de Deus, não devemos estragá-la e nem sujá-la. Assim nós também devemos cuidar de nossa caixinha que é nosso corpo, ele não nos pertence, é de Deus! Se somos criados por ELE temos que cuidar da caixinha que ELE nos deu não rabiscando e sujando nosso corpo fazendo tatuagens ou coisas assim. Bem como também precisamos cuidar do que “colocamos dentro” como Deus disse na cartinha, ou seja,dentro da minha caixinha guardo coisas inúteis – brigas, fofoca, inveja, desobediência – ou nela tenho colocado coisas me fazem mais bonita – alegria, paz, obediência, amor...- precisamos também prestar atenção no que estamos ingerindo - o que estamos comendo, é saudável, nos fará mal? Estou comendo demais?
Enfim, somos uma caixinha importante pra Deus, um grande tesouro pra ELE e desde nossa concepção DEUS já nos amava!


SUGESTÃO PARA O LOUVOR
Use a caixinha de jóias para que as crianças passem de mão em mão para louvar a DEUS por algo que ele criou. Ou se preferir leve uma imagem de DEUS pai.


SUGESTÃO PARA ATIVIDADE

Sugestão 1 

Consiga alguns pedacinhos de espelho e faça uma caixinha com um espelho dentro – por fora coloque um solzinho que está abaixo na tampa de cada caixinha – pode usar uma caixinha de fósforo. Dentro cole o pedacinho de espelho, deixe as crianças pintarem ou enfeitarem como quiserem e por cima cole o selinho do sol.

Sugestão 2

Sugestão 2

TEMA 3: RESISTÊNCIA À GRAÇA (PECADO)

Reflexão para os Evangelizadores
No tema desta semana falaremos sobre o pecado, vejamos o que diz o livro do Catecismo da Igreja Católica sobre este tema: “A DEFINIÇÃO DO PECADO 184 - O pecado é uma falta contra a razão, a verdade, a consciência reta; é uma falta ao amor verdadeiro para com Deus e para com o próximo, por causa de um apego perverso a certos bens. Fere a natureza do homem e ofende a solidariedade humana. Foi definido como "uma palavra, um ato ou um desejo contrários à lei eterna". 1850     O pecado é ofensa a Deus: "Pequei contra ti, contra ti somente; pratiquei o que é mau aos teus olhos" (Sl 51,6). O pecado ergue-se contra o amor de Deus por nós e desvia dele os nossos corações. Como o primeiro pecado, é uma desobediência, uma revolta contra Deus, por vontade de tornar-se "como deuses", conhecendo e determinando o bem e o mal (Gn 3,5). O pecado é, portanto, "amor de si mesmo até o desprezo de Deus". Por essa exaltação orgulhosa de si, o pecado é diametralmente contrário à obediência de Jesus, que realiza a salvação.”
Diante de tais afirmações podemos então dizer que tudo aquilo que nos afasta do amor de Deus, nos leva a pecar. Ser resistentes ao amor que Deus quer nos oferecer, nos deixa longe Dele e perto do pecado. Falar com as crianças sobre este tema é verdadeiramente um grande desafio, afinal o mais importante não é enfatizar o pecado e sim as causas dele. O que nos leva a ter atos que nos afastam do amor de Deus? Isso sim é importante. Ajudem as crianças a identificarem o que as leva a ficar longe deste amor, ajude-as a perceber em ações cotidianas atos e palavras que as afastam deste amor. Por exemplo: o jogo do vídeo game que elas estão brincando, sobre o que fala – guerra, roubo, brigas... O programa de TV que elas estão assistindo, fala sobre o que – mentira, fofoca, inveja... Enfim, nas coisas simples do dia a dia podemos perceber se estamos vivendo no amor ou se estamos dando brecha pro pecado. Não permita que o pecado leve o amor de DEUS para longe. Não permita que o pecado roube o amor que DEUS tem por você!
ACOLHIDA
Receba as crianças  com alegria, se possível inicie com músicas de interação, nelas as crianças terão a oportunidade de se cumprimentar, de interagir...De dois em dois, cantar: “Boa noite como vai você, meu amigo como é bom te ver, palma, palma, mão com a mão, agora um abraço de coração!”.Cante o sinal da cruz, e logo siga para iniciar a pregação.
SUGESTÃO PARA PREGAÇÃO
Se possível, fazer com que uma pessoa se vista de pirata e que ela tenha um baú de tesouros na mão, dentro do baú colocar DEUS pai com um grande coração na mão escrito por fora EU TE AMO e dentro do coração grande colocar três corações pequenos escrito: RECONHEÇO MEUS PECADOS, RENUNCIO MEUS PECADOS EACEITO O AMOR DE DEUS 
Pirata: (entra cantando) Sou pirata da perna de pau, pau, do olho de viro, da cara de mau! Boa noite crianças! Estou muito feliz de estar aqui com vocês. Alguns de vocês já estão aqui participando há duas semanas... Pois é, vocês foram convidadas no primeiro encontro a preparar o coração para receber a palavra de Deus. Na semana passada vocês descobriram o quanto são amadas por Deus e o quanto você é especial para Ele. Hoje eu vim pra falar de algo que não é nada bom.
Vocês gostaram da minha fantasia? O que eu represento? Um pirata, muito bem. Vocês sabem o que os piratas fazem? (ouvir as respostas) Eles navegam pelos mares a procura de outros barcos. Para que não sejam reconhecidos, usam bandeiras bonitas em seus barcos e também escondem as armas para ninguém as veja ao se aproximar. Quando encontram um barco interessante, se aproximam se fazendo de bons amigos, entram no barco, amarram as pessoas e roubam tudo que tem de valor naquele barco ou navio. Os piratas, pegam os tesouros dos outros, brigam, ferem uns aos outros com a espada e depois ainda afundam o barco. Muitas pessoas acabam morrendo. Vocês acham que isso é bom?
Pois é, mas tem alguém que é parecidíssimo com os piratas e nós devemos estar atentos com ele. Sabe quem é? O pecado. Ele se aproxima de nós de forma mansa, e, sem a gente perceber rouba de nós o que temos de mais precioso, nosso maior tesouro: (abrir o baú e mostrar a imagem de Deus pai com o coração na mão escrito EU TE AMO) o amor de DEUS! Deus fica o tempo inteiro assim, dizendo o tempo todo: EU TE AMO, EU TE AMO, EU TE AMO... Mas o pecado sabe que se roubar de nós este amor que nos deixa satisfeitos por completo seremos infelizes, por isso ele é capaz de tomar de nós este amor como um pirata toma um grande navio.
O pecado usa a espada da desobediência (você pode fazer uma espada escrito desobediência), que nos fere com sua ponta afiada, ele também usa a corda da mentira (você pode colocar uma corda com o escrito mentira nela), que nos deixa amarrados em situações perigosas, o pecado é mesmo muito perigoso! O pecado se disfarça de bonzinho em músicas, em programas de tv, em pessoas que nos querem tirar do caminho de Deus, se fazendo nossas amigas, na vontade de ter o que o outro tem, na preguiça de ajudar o
papai e a mamãe nas atividades de casa! Enfim, o pecado muitas vezes se apresenta com cara de coisa boa, mas o que ele quer mesmo é nos impedir de sentir o amor que Deus tem por nós, precisamos mesmo lutar contra este mal! Não podemos deixar de perceber a graça do amor de Deus.  Afinal, “o salário do pecado é a morte” (Rm6,23) e assim como os barcos afundavam, nossa vida no pecado também se afunda.


Por isso não permita que o pecado invada seu coração e nem que ele afunde sua felicidade! Quando o pecado chegar lute para que o amor de Deus vença na sua vida!
Use as armas que Deus te deu, reconheça o que te deixa longe do amor de Deus e peça ajuda a Ele, só Ele pode nos ajudar, Ele é poderoso, capaz de derrotar o mal.  Quer ver quais são as armas que Deus nos deu para vencermos o pecado?
·         RECONHEÇA SEUS ERROS - Reconheça que tenha feito coisas que não agradam a Deus
·         RENUNCIE O QUE NÃO VEM DE DEUS - Diga não as coisas que estão disfarçadas de boas e legais (músicas pornográficas, novelas, programas de tv...
·         ACEITE O AMOR DE DEUS - Aceite a ajuda de Deus para vencer o pecado: leia a palavra de Deus todos os dias
Então, vamos lutar contra o pecado? Coloque a mão no seu coração e repita comigo: Deus paizinho, eu quero a sua ajuda para ficar bem longe daquilo que não te agrada! Amém!
SUGESTÃO PARA O LOUVOR
Vamos aproveitar para louvar a Deus por tudo que nos aproxima dele. O que você acha que nos ajuda a ficar perto de Deus e longe do pecado?
·        






A igreja – Senhor eu quero te louvar pela Igreja (levar uma imagem de uma igreja)
·        












A família – Senhor eu quero te louvar pela minha família (levar imagem que lembre uma família) 




    A palavra de Deus – Senhor eu quero te louvar pela sua palavra (levar uma Bíblia)






             O grupinho de oração – Senhor eu te louvo pelo grupinho de oração!
SUGESTÃO PARA ATIVIDADE
Colorir, recortar e colar em uma folha colorida o desenho abaixo (colar o coração grande formando um bolso para colocar os corações pequenos dentro do grande)

TEMA 4: JESUS SALVADOR
Reflexão para os Evangelizadores
Como é bom saber que Deus criou tudo a nossa volta, e mesmo com todos os nossos erros Ele nos enviou Jesus. E Jesus com seu grande amor e misericórdia cuida de nós, e nos conduz ao céu.
Mas para podermos chegar a este céu temos que ser melhores a cada dia e nos afastando de tudo que é ruim (mentira, desrespeito, maldade, violência) e transformar tudo na nossa vida para que seja bom (no lugar da mentira a verdade, do desrespeito o respeito, da maldade a bondade e no lugar da violência o cuidado com os outros).
E podemos pedir a Deus com seu amor infinito, para nos direcionar e dar as palavras certas e as ações corretas para toda e qualquer situação.
Jesus quer nos conduzir ao céu, mas temos que querer este céu, e unidos a Jesus chegar ao pai. É importante dizermos que para ser salvo, precisamos inicialmente acolher aquele nos salva, Jesus, por isso te convido a refletir conosco a palavra que está em Jo 14, 1-4 (Não se turbe o vosso coração; credes em Deus, crede também em mim.
Na casa de meu Pai há muitas moradas; se não fosse assim, eu vo-lo teria dito. Vou preparar-vos lugar. E quando eu for, e vos preparar lugar, virei outra vez, e vos levarei para mim mesmo, para que onde eu estiver estejais vós também. Mesmo vós sabeis para onde vou, e conheceis o caminho.) 
Com esta palavra vamos compreender que se cremos em Deus, cremos também em seu filho, aquele que é capaz de nos levar para junto de Deus. Queira estar junto ao Pai, pois Jesus reserva um lindo céu para você!

ACOLHIDA
Acolha as crianças com um grande abraço e diga “que bom que você veio”. E inicie cantando o sinal da cruz com alegria e cante também músicas como “amigo ôôô que bom que você veio...”, “o coração da menina e do menino que tem Jesus é diferente....”




SUGESTÃO PARA PREGAÇÃO
Olá crianças! Lembram-se da semana passada quando falamos sobre o pecado? Falamos que ele se parece com um pirata, fica querendo tirar de nós nosso maior tesouro: o amor de Deus! As mentiras, as maldades, a desobediência a falta de amor, nos afasta de Deus e nos faz pecar, mas Deus como nos ama muito pensou direitinho em como fazer para nos ajudar a ficar cada vez mais em seu amor e é isso que vamos ver hoje, vamos descobrir uma caminho que nos leva a Deus e que todos podem percorrê-lo, basta querer! Você quer vir comigo?
(Faça uma casa amarela bem grande, pode ser em uma caixa de sapato, use a cor amarela – dentro dela coloque pequenas casas vermelhas, estas devem ficar escondidas dentro da casa amarela, faça também uma escada vermelha e também algumas plaquinhas que formarão degraus de ajuda para nossa salvação)
Em cada degrau escreva: Crer em Jesus, Confessar que crê, Falar a verdade, Oração e Acolher Jesus
·         Crer em Jesus – Atos 16,31 “E eles disseram: Crê no Senhor Jesus Cristo e serás salvo, tu e a tua casa.” Precisamos acreditar em Jesus e termos a certeza de Ele é filho de Deus, que por Ele podemos chegar a morar na casa de Deus. Acreditar que se imitarmos suas ações estaremos fazendo a vontade de Deus. Você acredita que Jesus foi enviado para nos ajudar a fazermos as vontades de Deus? Ele nos ensina com suas histórias muitas dicas de como segui-lo, e você quer seguir Jesus? Então você quer ser salvo e morar nesta casinha bonita que é a casa de Deus. Vamos falar bem alto pra Jesus ouça que nós acreditamos Nele? Repitam comigo: Jesus, eu acredito que é meu amigo!
·         Confessar que crê – Rm 10,9 “A saber: Se com a tua boca confessares ao Senhor Jesus, e em teu coração creres que Deus o ressuscitou dentre os mortos, serás salvo.” Não basta acreditarmos que Jesus quer nos salvar e nos tirar de todo pecado, é preciso falar isso a todos. Não podemos guardar segredo sobre quem é Jesus e o que Ele é capaz de fazer por cada um de nós. Precisamos apresentar este Jesus aos nossos coleguinhas, convidar nossos amigos pra vir para o grupinho é uma boa ação, mas também falarmos àqueles que não virão faz parte de nossa missão. Fale a todos que você acredita que Ele morreu mas que em seguida ele ressuscitou para nossa salvação. Jesus não quer que vivamos uma vida de pecado e sim uma vida de AMOR e SALVAÇÃO. Vamos subir mais um degrau? Para isso vamos ter que falar pro coleguinha do lado: eu acredito que Jesus morreu e ressuscitou para me salvar!

·         Falar a verdade (1 Tm 2,4 - quem obedece a moção do Espírito da verdade já esta no caminho da salvação) falar a verdade é mesmo algo que Jesus espera de nós, precisamos estar atentos ao que falamos aos nossos pais, aos nossos professores, tem criança que acostuma a contar pequenas mentiras e ao crescer suas mentiras também crescem. Precisamos acostumar a falar sempre a verdade, ela é mesmo um degrau que nos levará a morarmos na casa de nosso pai, sem ela não chegaremos lá, quer subir um degrau? Então põe sua mão no coração e repita comigo: Jesus, me ajuda a falar sempre a verdade!
·         Oração (Cat §2744 Quem reza certamente se salva; quem não reza certamente se condena). Pela oração nos aproximamos de Deus e Ele nos promete na palavra que “Tudo que pedirdes a meu Pai em meu nome Ele vos dará.” João 15, 7 – portanto é pela oração que permanecemos em Deus e Ele em nós e assim conseguimos falar com Ele e sermos atendidos conforme Sua vontade. Fale com Jesus, invoque seu nome “porque todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo” Rm 10, 13 – peça  a Ele que leve suas orações a Deus, Ele é o caminho que nos levará ao Pai, nunca se esqueça disto! Então vamos subir mais um degrau? Vamos fazer uma oração pedindo a Jesus que nos aproxime de Deus? Então fale com Jesus, fale seu nome: JESUS fica comigo! JESUS, fica na minha casa, fica na minha família... onde mais?
·         Acolher Jesus – Eu poderia colocar muito mais degraus aqui para chegarmos a casa do pai, mas com certeza estas já nos ajudarão a chegar aqui nesta casa que é mesmo o lugar onde eu quero morar. Agora este último degrau é muito importante, pois nele vamos expressar nossa alegria em acreditar em Jesus. É preciso estar de coração aberto. Acolher Jesus é se alegrar com sua presença. Vamos então muito alegres colocar este degrau? Falem assim comigo: Jesus me ajude a ser cada dia melhor e a querer somente o que é bom, a te conhecer cada dia mais, pois quero estar junto contigo na casa de Deus!
Agora sim, crianças, vejam esta casa! Ela é grande, bonita, tem uma escada super especial que nos leva até a entrada dela. Ao chegarmos na porta de entrada, com o coração alegre, Deus abrirá suas portas e sabe o que vamos encontrar lá dentro? Várias outras moradas! É porque nesta casa podem morar todos aqueles que desejarem estar perto de Deus. Você e todos aqueles que subirem degrau por degrau, vai ter na casa de Deus um lugar garantido. Jesus é a escada que nos leva pra esta casinha. Ele quer que todos morem aqui e Deus prepara este lugar com muito amor!
Jesus quer preparar uma morada para você na casa de Deus e não é qualquer morada (mostre a casa com as casinhas), você quer morar com Deus que é puro amor e com Jesus que nos salva nos livrando de todo pecado? Então comecemos hoje a subir os nossos degraus!
Finalize cantando “Jesus eu quero entregar, a ti meu coração, te dar a minha vida, assim como fizeram lá em Belém, eu quero te adorar também, assim como fizeram lá em Belém, eu quero te adorar também!”
Abaixo está o modelo do material que eu preparei para a pregação, fiz em EVA, mas você pode imprimir as figuras e colorir bem bonito para falar com as crianças. Caso tenha outras idéias, não se esqueça de nos enviar fotos para dividirmos com outros amigos evangelizadores. (rcccriancauberlandia@gmail.com)




SUGESTÃO PARA O LOUVOR  
Agora entregue um papel para cada um e peça a eles para escrever ou desenhar as pessoas da sua família ou amigos que precisam estar na casa de Deus junto a Jesus. Conduza uma oração pedindo a Jesus que cuide de cada pessoa e peça que coloquem dentro do coração de Jesus (usar uma imagem de Jesus com um coração que dê para colocar os papéis dentro, estas orações devem ser entregues no final do grupinho para a equipe de intercessão). Convide-os a louvar por tudo que Jesus é (amor, misericórdia, salvação, corajoso, forte, poderoso...), se quiser pode passar Jesus de mão em mão e cada criança coloca dentro de seu coração seus pedidos.


SUGESTÃO PARA ATIVIDADE

Em uma folha em branco recorte e cole as figuras abaixo montando a casa será nossa morada. Monte a escada e nas casinhas pequenas dentro da casa de Deus escreva no telhado quem você quer levar para morar na casa de Deus. 







TEMA 5: FÉ E CONVERSÃO
Reflexão para os coordenadores: O tema desse encontro é trabalhar a profissão de fé que nós católicos fazemos. Minha sugestão de preparação é ler o Credo (símbolo niceno-constantinopolitano) e buscar conhecer todo o seu significado. O catecismo da Igreja Católica traz em sua primeira parte toda a reflexão da Igreja sobre o Credo. Nós católicos precisamos buscar conhecer mais a nossa doutrina para assim amarmos mais a nossa Igreja. 
ORAÇÃO INICIAL: Acolher as crianças com alegria e amor. Dizer boa noite, que bom que você veio... iniciar o grupo com a música Sinal da cruz (Filhos de Davi – Projeto Samuel) e em seguida trabalhar as músicas Eu creio num Deus que é Pai (Cantinho da Criança – CD-Um lugar bem legal) e Eu tenho fé proposta por Tatiane Jardim (Pescadores Kids).

Eu tenho fé (Letra e música: Tatiane Jardim – Pescadores Kids)
                F                 Bb
Eu tenho fé, eu tenho fé
                    C                                         F
Eu creio em Deus e acredito no seu poder!
                          F                            Bb
Quem aqui tem fé, quem aqui tem fé
                        C                                       F
Quem crê em Deus e acredita no seu poder!

                         F                         C7
Abraão acreditou, Maria acreditou, José acreditou
                             F
Acreditou, acreditou
                                  F                               C7
Os leprosos tiveram fé, a Samaritana teve fé
                                                                        F
O paralítico teve fé, eu também tenho, tenho fé!
                Bb                           F
Esta é a vitória, que vence o mundo
              Bb              C                F
A nossa fé, a nossa fé, a nossa fé!
LOUVOR: O louvor dessa semana será feito após a pregação. Quanto mais as crianças souberem de Deus e de Jesus mais fácil será louvar.
PREGAÇÃO: (A pregação abaixo está embasada na oração do Credo – símbolo niceno constantinopolitano e no Catecismo da Igreja Católica. Para a pregação você precisará fazer um livro (ou lâminas) com 10 páginas, para ilustrar o que você está falando. 1ª. Pagina – imagem de Deus Pai. 2ª. Página – imagem das coisas e seres criados por Deus, menos o homem. 3ª. Página – imagem de Deus e as crianças, pode-se enfeitar com corações. 4ª. Página – imagem de Jesus. 5ª. Página – imagem da anunciação do anjo a Maria. 6ª. Página – imagem de Jesus na cruz, sendo coroado, açoitado... 7ª. Página – imagem de Jesus no céu ao lado do Pai. 8ª. Página- imagem do Espírito Santo. 9ª. Página – imagem de uma criança que mostre seu coração e colado nele o Espírito Santo. 10ª. Página – imagem de uma igreja. Você pode usar mais ou menos imagens, dependendo da realidade do seu grupinho.

            Boa noite crianças! Hoje eu vim falar para vocês sobre o que nós católicos acreditamos. Quem é católico aqui? Quem sabe rezar a oração do creio? E como é mesmo.....Creio em Deus Pai.....(Rezar a oração do creio com as crianças.) Vamos pensar um pouquinho no que acabamos de rezar. A nossa oração começa falando que acreditamos em Deus que é?......Pai! Deus é Pai porque criou a cada um de nós. Criou não só o homem, mas tudo o que vemos e também o que não vemos. O visível e o invisível. Criou todas as coisas e viu que era bom. Mas quando Deus criou o homem a sua imagem e semelhança, Ele viu que era muito bom! Ele criou com amor e para o amor, porque Deus é amor! Cremos em Deus todo Poderoso. Todo poderoso porque Ele criou tudo, governa tudo e pode tudo. Poderoso porque para Deus nada é impossível! 
            Mas a oração segue e nós ainda dizemos: cremos em Jesus Cristo seu único Filho nosso Senhor. Jesus é Filho de Deus! Ele foi gerado por obra do Espírito Santo em Maria. Jesus é um só com Deus. É consubstancial, é da mesma substância, é divino, é Deus! Cremos em Jesus que deu sua vida para nos garantir a salvação. Jesus aceitou ser condenado, ser açoitado por ordem de Pôncio Pilatos, ser entregue a cruz para vencer todo o pecado e ressuscitando nos garantir a vida eterna, a salvação. Nós somos de Deus e só descansaremos quando nosso coração voltar ao criador. Jesus morreu, ressuscitou e subiu aos céus. Nós acreditamos que Jesus que é o Senhor, aquele que tem que governar nossa vida, que está sentado a direita do Pai, e de novo vai voltar para julgar os vivos, os mortos e estender seu reino que não terá fim.
            Cremos no Espírito Santo. O Espírito Santo é a terceira pessoa da Santíssima Trindade. É o sopro de Deus em nós. É a promessa de Jesus que se cumpriu. É o paráclito que vem para nos ajudar a chegar ao céu. O Espírito Santo habita no coração de cada batizado. Pelo batismo recebemos o Espírito de Deus e somos introduzidos na fé. Quanto mais deixarmos o Espírito de Deus agir em nós mais amorosos, alegres, pacientes, tranqüilos nós seremos.
            Cremos ainda na Igreja Una, Santa, Católica e Apostólica. Una porque é uma só. Onde quer que você vá, a Igreja é a mesma. Vai falar a mesma coisa e professar a mesma fé. Santa porque é de Deus, fundada por Jesus. Católica porque é universal, é para todos. Apostólica porque vem dos apóstolos. Começou em Jesus, seguiu com Pedro e assim com os demais Papas, Bispos, Padres e leigos que levam o anúncio de Cristo Salvador.   
Cremos na remissão dos pecados, na ressurreição dos mortos e na vida eterna. Quer dizer: cremos no perdão dos nossos pecados, na misericórdia de Deus. Cremos que um dia também ressuscitaremos e viveremos por toda a eternidade ao lado do criador. Amém!
Eu creio em tudo isso, e vocês? Vamos dizer assim: Creio, creio, creio!
LOUVOR:  Para o louvor você precisará de figuras de Deus Pai, Jesus Filho e do Espírito Santo. A idéia é que em cada figura você crie uma sacolinha, ou um bolsinho que sirva para as crianças colocarem os motivos do louvor a cada um, os motivos deverão estar escritos em fichas e misturados em uma caixa.
            Inicie o louvor instigando as crianças a olharem as imagens coladas na parede. Mostre a caixa e conte que lá dentro tem fichas com motivos para louvar a Deus e  Jesus. Cada criança pega uma ficha e louva por aquilo que está escrito e coloca a ficha no bolso (ou sacola) debaixo da figura correta. Exemplo: a criança retira a ficha que está escrita “Pai amoroso” então ela deve fazer o seu louvor. Deus Pai eu quero te louvar porque és amoroso, ou, porque me ama; ou porque me criastes por amor. Cada criança faz o seu louvor. Não há regras, nem queremos engessar nossas crianças. O objetivo desse louvor é ir ensinando a criança no que cremos e nas diferenças funcionais de Jesus e Deus pai.
Motivos para as fichas:

·         Pai criador
·         Pai amoroso
·         Pai poderoso
·         Deus do impossível
·         Filho Salvador
·         Deu a vida por mim
Sugestões:














Reflexão para os Evangelizadores
Reconhecer que Jesus é o Senhor nos aproxima de nossa meta principal, a de estarmos próximos a Deus.  É como em uma competição onde teremos que percorrer um longo trajeto até chegar no ponto máximo – no trajeto teremos muitos obstáculos, bem como poderemos ter muita colaboração, o mais importante é sabermos para onde vamos, onde terminamos nossa competição e por onde deveremos passar. Não podemos passar por caminhos que nos coloca em risco, mas temos que escolher o caminho que nos levará em segurança ao colo do Pai, neste caminho está Jesus. Em nossa caminhada muitos serão os fatos que nos deixarão confusos, questionadores, a respeito de quem somos e para onde verdadeiramente queremos ir, mas o mais importante é podermos contar com a ajuda de Jesus, Ele nos ensinará caminhos mais seguros, terrenos firmes que poderemos pisar e seu único objetivo é nos levar a Deus. Jesus quer nos conduzir até Deus e para isso teremos que contar com seus conselhos. Jesus é o Senhor porque mesmo sendo filho de Deus se fez homem como nós e aceitou a vontade de Deus em sua vida. Quantos de nós temos dificuldades em aceitar Jesus como o Senhor de nossa casa, de nosso trabalho, de nossa vida... Jesus aceitou os planos de Deus e fez tudo conforme Sua vontade. Jesus por obediência ao Pai (Fil 2, 5-11) se deixa ser humilhado e segue com os planos de Deus para que fôssemos salvos. Não podemos perder nosso foco, assim como Jesus não o perdeu. Estar com Deus e ser obediente as Suas vontades nos tornará pessoas melhores e capazes de compreender o que precisamos fazer para cumprirmos a vontade de Deus para conosco. Reconheça que Jesus é o caminho que o levará ao Pai, reconheça que Ele é o rei, reconheça que Jesus é capaz de te conduzir ao céu. Quando você conseguir colocar Jesus como o Rei da sua vida, você também conseguirá ensinar a muitas crianças sobre este Rei. Assim começamos a cumprir o que Deus quer de nós enquanto evangelizadores de crianças – partindo para a AÇÂO... É isso mesmo, não basta rezarmos e não cumprirmos nossa missão evangelizadora, é preciso ir onde as crianças estão, por isso mãos a obra!!
ACOLHIDA
Receba as crianças com alegria e se possível cante a música:
O Senhor  é Rei
Está no céu, está no mar, na extensão do infinito
Está no céu, está no mar, na extensão do infinito
O senhor é rei
O senhor é meu pastor e rei
O senhor é rei
O senhor é meu pastor e rei
O senhor está no céu
O senhor está no mar
O senhor está na extensão do infinito
O senhor está no céu
O senhor está no mar
O senhor está na extensão do infinito
Está no céu, está no mar, na extensão do infinito
Está no céu, está no mar, na extensão do infinito
O senhor é rei
O senhor é meu pastor e rei
O senhor é rei
O senhor é meu pastor e rei
O senhor está no céu
O senhor está no mar
O senhor está na extensão do infinito
O senhor está no céu
O senhor está no mar
O senhor está na extensão do infinito
Está no céu, está no mar, na extensão do infinito
Está no céu, está no mar, na extensão do infinito
Quando eu vacilar, eu não temerei
Pois o senhor está comigo
Quando eu vacilar, eu não temerei
Pois o senhor está comigo
O senhor está no céu
O senhor está no mar
O senhor está na extensão do infinito
O senhor está no céu
O senhor está no mar
O senhor está na extensão do infinito
Está no céu, está no mar, na extensão do infinito
Está no céu, está no mar, na extensão do infinito

SUGESTÃO PARA PREGAÇÃO
Vamos precisar montar um cenário contendo o lugar onde o menino Jesus nasceu. Use sua criatividade, aproveite este momento de preparação da pregação para se interar com a história que será contada. Precisamos sentir que estaremos naquele lugar no momento que formos contar a hisória. Deixe preparado um bebê (uma boneca)enrolado em um tecido simples para os momentos seguintes. Você poderá forrar o chão com um tecido e coloque uns animais ao redor, jogue cerragem para forrar o chao… Pense naqueles que presenciaram o nascimento, coloque também uma imagem de José e Maria, enfim prepare tudo para o momento da história. A medida que as crianças forem chegando ao grupinho permita que elas observem tudo. Mas não digam o que vai acontecer. Depois da acolhida, de cantar com as crianças, leve-as até o lugar que está preparado para a pregação.
Crianças, vejam este lugar vocês sabem que lugar é este? Sim, este é o lugar onde Jesus nasceu. Vamos olhar com mais atenção tudo aqui? Nossa, não tem uma torneira aqui… Vocês já dormiram em um lugar que não tinha chuveiro? Como seria? Nossa, aqui também não tinha energia elétrica… Naquele tempo não tinha… Já ficaram sem energia? Sem chuveiro, computador, tv, geladeira… (nossa intenção é fazer com que as crianças percebam a simplicidade do lugar onde Jesus nasceu, vá questionando toda a “estrutura” que receberia o menino Jesus em seu nascimento, até chegar o momento de Seu nascimento ). Onde você nasceu? Em um hospital? Pois é foi aqui neste lugar simples que nasceu o filho de DEUS. Aquele que por obra do Espírito Santo habitou na barriga de Maria e que ao nascer seu primeiro contato com o mundo foi na simplicidade. Dali em diante sua vida não mudou muito, Ele seguiu com seus pais uma vida de pessoa humilde.
Apesar de ser o filho de Deus, Ele não teve as melhores roupas, nem morou na melhor casa. Viveu uma vida simples. Teve também uma infância simples, como a de muitas crianças. Brincou na terra, subiu em árvores e com 12 anos durante uma peregrinação que Jesus fazia com José e Maria, como era de costume naquela época (lucas 2, 41-52) e após caminhar quase um dia inteiro Maria procurou pelo filho e ao perceber que Ele não estava com seus amigos Ela retornou o caminho e 3 dias depois encontrou o menino no meio dos doutores da lei, e eles estavam admirados com sua sabedoria, afinal tudo que eles o perguntava Ele os respondia.
Ali, o menino Jesus começou a assumir seu papel de Filho de Deus. E em sua vida aqui na terra tudo que Ele fez foi ensinar sobre o que agrada a Deus e por isso quero convidá-la criança a perceber que um Rei não precisa viver em um belo castelo, nem mesmo ser financeiramente rico. O verdadeiro Rei é aquele que na simplicidade olha para as pessoas em igualdade. No momento em que o menino Jesus se encontra com aqueles homens importantes Ele mostra que uma simples criança, que possui o coração puro e que está aberto ao chamado de Deus pode sim ensinar a todos que estão ao seu redor. Nós precisamos ter um coração puro para tratarmos as pessoas de nosso convivio principalmente como o menino Jesus trataria. Precisamos estar atentos a como Jesus pensa para assim também pensarmos. Jesus é o Senhor de nossas vidas e Ele deve ser nosso maior conselheiro. Coloque então a mão no seu coração e repita comigo: Menino Jesus, torne meu coração semelhante ao seu! Jesus, você é o meu Senhor!!!
Sugestão para montagem do presépio:




SUGESTÃO PARA O LOUVOR
Com o menino Jesus no colo passe-o de mão em mão para que as crianças louvem com o Menino no colo.
SUGESTÃO PARA ATIVIDADE
Vamos fazer o menino Jesus em garrafa pet, esta é uma sugestão da Tia Nilza, coordenadora Estadual do Ministério para Crianças (MG).
Vamos precisar de:
·         Garrafa pet com a tampa
·         Tecido ou não tecido nas cores vermelho e branco
·         Cola gliter
·         Eva nas cores: pele, azul, marrom e amarelo
·         Cola quente ou de contato














Tema 7: Cura Interior
Reflexão para os Evangelizadores
O encontro de cura interior com as crianças não é algo estrondoso e difícil de ser realizado. Não criem ilusões sobre falar de cura com elas. Não é pra servo ficar colocando as mãos sobre as cabeças das crianças e rezando como se fossem realizar um milagre por suas mãos. A cura é realizada pelo amor, pelo perdão, pela reconciliação. Quando amamos somos curados. A cura vai sendo realizada desde a acolhida no encontro até terminar na atividade. Prepare-se, ore, faça jejum e intercessão pelo encontro e se abra a ação do Espírito  Santo, ele deverá conduzir o encontro e principalmente a pregação. No evangelho de Lucas 15,1-32 percebemos diversas formas de cura no amor: “ se um de vós tem cem ovelhas e perde uma, não deixa as noventa e nove no deserto e vai atrás daquela que se perdeu, até encontrá-la? Quando a encontra coloca-a nos ombros com alegria e, chegando em casa, reúne os amigos e vizinhos para alegrar-se contigo” Podemos ainda se lembrar do filho pródigo, da alegria do pai quando reencontra o filho. O encontro de cura interior deve levar a criança a se encontrar com Deus, a sentir-se amada, a sentir-se querida e especial. Assim seu coração será curado. Enquanto escrevo essas palavras para ajudar vocês, meus olhos se enchem de lágrimas e meu coração bate forte em meu peito. Cada um de nós deve se sentir primeiramente amado por Deus. Como me sinto amada quando sei que sou essa ovelhinha que o Senhor encontra e põe nos ombros pra levar pra casa. Esta é sua missão para este encontro: fazer com que cada criança sinta-se amada e querida por Deus e ainda que ela consiga compreender que estando no colo do pai, tudo será mais fácil.
ACOLHIDA
Prepare a sala, não coloque cadeiras neste dia, vamos nos deitar no chão no momento da reflexão da pregação. Acolha as crianças com alegria, lembre-se seu corpo fala mais do que palavras e por isso as crianças precisam ver em você uma alegria que vem de Deus. Estar disposto, alegre faz com que as crianças se sintam a vontade. Cante a música “Boa noite como vai você”, para que elas se toquem e se cumprimentem.
PREGAÇÃO
(preparar lâminas ou figuras de Jesus com crianças de todos os tipos: meninos, meninas, branco, negro, coração com faixas de machucado para que o pregador possa arrancar os machucados, levar um fantoche que represente uma menina da história e muitos brinquedos (você pode substituir os brinquedos que estão descritos na pregação pelos que você conseguir); levar um brinquedo sem braço (uma boneca ou boneco) e uma fita pra colar o braço na hora da pregação. O pregador deve usar uma vestimenta clara, confortável, que traga paz e não agitação as 
crianças.
SUGESTÃO: roupa branca como um anjo, vestido de uma única cor. No momento da pregação, evitar os macacões coloridos).
Dica: o TNT ou não tecido mais popularmente conhecido custa R$2,00 o metro, com ele você consegue fazer uma túnica branca para este momento e outros que você precise encenar com roupa de anjo.

Pregador: Olá! Tudo bem com vocês? Hoje vim contar uma história muito especial. Era uma vez uma menina (usar o fantoche de menina), bonita e muito esperta, a Júlia. Ela tinha muitos brinquedos e gostava de cada um deles, porque sabia que cada um era importante e especial. Tem algum brinquedo igual aqui? Não. Qual será que ela gosta mais? O que vocês acham? Deixa-me contar a história desse aqui. Um ursinho lindo não é? Pois é Júlia ganhou esse ursinho de uma amiguinha. Sua família ia se mudar e ela pra não ficar com saudades da amiga deu um presentinho pra ela e ganhou esse ursinho. Toda vez que ela brinca com ele ela se lembra da sua melhor amiga. Ah! E essa bonequinha de pano... Sua avó mesmo quem fez. Passou noites e noites acordada, costurando colando os olhinhos... Sua avó era caprichosa. Sabem essa daqui? Sua mãe

lhe deu no dia que sua irmãzinha nasceu e disse: Eu e você agora temos mais um bebê pra cuidar. Você me ajuda? Assim cada brinquedo é especial. Dois dias foram muito tristes para Júlia. Um dia sua boneca se quebrou e seu pai tinha lhe dado com muito esforço do seu trabalho. Sua mãe queria jogar a boneca fora, mas Júlia tratou de dar um jeito. Colou com fita sua boneca e remendou os pedaços, mas ela era importante. Outra vez foi quando seu urso de dormir sumiu. Ela chorou muito pois não conseguia encontrá-lo. Passou dois dias que não tinha nem vontade de comer. Sua mãe o encontrou caído atrás do armário e Júlia fez uma grande festa.
Deus é assim conosco. Ele nos ama com amor sem fim. Desde que somos sonhados por Ele, ele já põe em nós gotinhas do seu amor. Olha pra quem está do seu lado. Tem alguém igual a você? Não porque Deus fez cada um com um detalhe diferente, como sua
verdadeira obra prima. Assim como os brinquedos, somos nós. Cada um tem uma história. Alguns foram sonhados desde que seus pais ainda eram crianças, outros vieram de surpresa, mas foram bem recebidos, outros Deus escolheu um lar diferente daquele em que ele foi gerado. Fecha seus olhos. Eu te convido a passear com Deus em sua história. Tive uma idéia! Vamos nos deitar no chão? Isso, agora sim, fechem seus olhos e fiquem bem confortáveis... Desde sua concepção, lá na barriguinha da mamãe. Deus tocava em você, te fazia cosquinha e você se mexia tanto. Sabem crianças, ainda dentro da barriga da mamãe os bebês escutam tudo o que é dito aqui de fora, por isso, as vezes alguns bebês escutam já na barriguinha da mamãe muitas coisas feias, então vamos pedir para Jesus tirar do nosso pensamento palavras que ouvimos e que não agradaram a Deus... Repitam comigo: Jesus, limpa todas as palavras feias da minha memória e coloca nela apenas boas lembranças... Agora, vamos pensar em alguma bronca ou alguma coisa
que o papai, a mamãe ou outro parente nos fez e que nós também entendemos que não agradou a Deus e ainda deixou uma feridinha no nosso coração... Encontrou algo? Muito bem chegou o momento de tirarmos isso das nossas lembranças e de entrega-las a Jesus, Ele saberá o que fazer com elas, fique de olhos fechados coloque a mão na sua cabecinha e como se estivesse tirando da sua cabeça estas lembranças estenda as mãos bem alto e diz: toma Jesus estas lembranças que não me fazem feliz!  Por fim,  pense em sua casa, nos seus pais e veja como Deus foi bom com você, porque outro pai não te amaria mais do que o que você tem. Abra seus olhos. Somos importantes pra Deus. Se estamos feridos, Deus quer nos curar, passar seu melhor remédio. Se estamos como aquele boneco perdido. Deus nos hoje quer nos encontrar. Porque a maior alegria de Deus é quando um filho amado seu está perto dele, no seu colo, no seu abraço e no seu coração. Você quer receber um abraço de Deus? Então feche os olhos. Imagine ele em sua frente. Ele está sorrindo e abrindo os braços para receber seu abraço. Abrace-o, deite em seu colo. Sinta seu carinho (durante todo esse momento pode-se estar solando um instumento musical bem baixinho e os servos e o  pregador pode tocar nas crianças, ir abraçando, fazendo um carinho, o sinal da cruz na testa delas... deixe o Espírito Santo agir em você). Agora abram os olhos, o coração de Jesus está aberto pra você. Você quer entrar? Essa é sua casa. (preparar um túnel de tecido por onde as crianças passarão por dentro). Conduzir o coração de Jesus.
ATENÇÃO: Ao final da pregação pode haver um momento de partilha, onde as crianças podem falar o que sentiram.
LOUVOR
Você na sua infância já brincou de unidunitê? Então sentem se em roda e coloque as mãos das crianças uma por baixo e a outra por cima dos coleguinhas ao lado. Comece por você. Louve a Deus por algo que ele fez, faz ou pelo que Ele ainda vai fazer em sua vida. Lembre-se do tema, cura interior, para que em seu louvor você cite algo que Deus fez, faz ou vai fazer por você. Exemplo: “ Senhor eu te louvo porque com seu amor me ensina a ser paciente”.




ATIVIDADE
Sugestão 1: Fazer um coração bem grande. Cada criança deverá fazer desenhos ou escrever o que mais
lhe chamou atenção e colar no coração de Jesus ou de Deus pai. Esses registros ficam com os servos para rezarem e interpretarem os testemunhos por meio deles. Este momento pode também ser conduzido como um louvor.











Sugestão 2: Levar uma folha branca para as crianças recortarem e colarem os bonecos abaixo. Levar papéis ou tecido coloridos. Montar os bonecos (meninas fazem meninas e meninos fazem meninos). Cada criança deverá produzir a roupinha de seu boneco com os papéis ou tecidos coloridos.




Seminário de Vida no Espírito Tema 8: Batismo no Espírito Santo

Tema 8: Batismo no Espírito Santo
Reflexão para os Evangelizadores
“Espírito Santo” é o nome daquele que adoramos e glorificamos com o Pai e o Filho, assim diz o Catecismo da Igreja Católica.(§691) Ou seja, o Espírito Santo é a terceira pessoa da Santíssima trindade, e por ser uma “pessoa” que compõe a santíssima trindade, temos que adorá-lo e glorifica-lo tanto quanto ao Pai e ao Filho. Esta é Aquela pessoa que Deus enviou a nós para que seja nosso “paráclito”, Aquele que nos consola e que também nos advoga junto ao pai, pois Ele nos conhece e sabe realmente quem somos e o que fazemos. Na presença do Espírito Santo permitimos que Ele conduza nossas vidas e orações e assim fazemos sempre a vontade do Pai. O termo “Espírito” que na tradução hebraica quer dizer “sopro” (CIC §691), vem “soprar” em nós o modo como devemos viver e este Espírito, este sopro, que algumas vezes é denominado como Espírito de Verdade (Jo 16, 13) nos mostra a verdade sobre Deus, sobre mim e sobre o mundo que vivo; este Espírito que nos ajuda a compreender e a viver a lei do amor tantas vezes esquecido por cada um de nós; Espírito capaz de nos ajudar a discernir sobre o que é bom ou ruim para que assim saibamos escolher como devemos proceder nas diversas situações que cotidianamente enfrentamos. O Espírito Santo é aquele que nos defende do mal e ainda nos livra das tentações que sofremos diariamente (tentação das brigas, da fofoca, da inveja...).
Enfim, sei que estamos muito bem acompanhados pela presença constante deste sopro divino que além de nos acompanhar ainda é capaz de advogar por nós junto ao Pai quando em oração sincera nos colocamos aos seus pés.
Neste encontro nossa finalidade será a de apresentar às crianças este Espírito capaz de mudar todo sentido de uma vida sem Deus para uma vida cheia de graça e sabedoria.
Aqueles que se deixam conduzir pelo Espírito Santo de Deus, se tornam pessoas melhores e assim buscam viver uma vida santa. Deseje viver uma vida Santa, deseje que as crianças de seu grupinho, de seu convívio queiram ser santas! Lembre-se: o Espírito de Deus, o Espírito de Jesus o acompanha sempre!
ACOLHIDA
Vamos acolher as crianças hoje cantando esta música do Nelsinho Correa, Já Chegou:
Já Chegou! Já chegou! Espírito Santo já Chegou! (2x)
eu sinto em minhas mãos, eu sinto em meus pés,
eu sinto em minh'alma e em todo o meu ser (2x)
Aquele que caminhou sobre as águas (2x)
Está aqui, está ao meu lado (2x)
Como um raio, caindo sobre mim (2x)
Me queima, me queima, me queima!
Me queima, me queima, me queima!
Me queima, me queima, me queima!
Me queima, me queima, me queima!
Já Chegou! Já chegou! Espírito Santo já Chegou! (2x)
eu sinto em minhas mãos, eu sinto em meus pés,
eu sinto em minh'alma e em todo o meu ser (2x)
Aquele que caminhou sobre as águas (2x)
Está aqui, está ao meu lado (2x)
Como um raio, caindo sobre ti(2x)
Te queima, te queima, te queima!
te queima, te queima, te queima!
te queima, te queima, te queima!
te queima, te queima, te queima!


PREGAÇÃO
Vamos precisar para a pregação: Palito de churrasquinho; Bola de isopor (branca sem nada) – espetá-la no palito;Cola colorida preta; brocal ou gliter dourado (suficiente para cobrir a bolinha de isopor); Pincel; Algodão ou paninho

Sente-se em círculo com as crianças no chão ou nas cadeiras de modo que todos te vejam ao falar.

Crianças, quero que vocês observem esta bolinha: ao nascermos somos como ela – simples, limpinha, perfeita. Depois de algum tempo, vamos crescendo e descobrindo o mundo, assistimos a programas de televisão e as informações que ouvimos e vemos vão fazendo parte de nós, ou as vezes escutamos músicas que tocam no rádio e quando vemos estamos repetindo tudo que eles falam e nem prestamos atenção as coisas ditas. Existem programas de Tv que consideram coisas erradas certas e nós acabamos ficando na dúvida se não conhecemos a verdade que Deus nos apresenta. Mentiras, pornografia, fofoca, inveja, briga é um pouco daquilo que a mídia nos oferece nestes meios de comunicação. E sabe como vamos ficando cada vez que repetimos as coisas erradas? (molhe o pincel na cola colorida preta e passe na bola branca) Assim, sujos. É isso mesmo. Deixamos de ser aquele ser limpinho, sem marcas para se tornar alguém com manchas. O pecado faz isso conosco. Quando acreditamos que as coisas erradas são certas, nos sujamos. As vezes até tentamos sair daquela situação (tentar limpar com o algodão ou paninho seco, vai borrar mais ainda) mas como usamos os meios errados, nos sujamos mais ainda. Isso acontece quando ao invés de buscarmos na nossa igreja a eucaristia, Jesus, Maria, vamos parar em outras igrejas ou seitas... E isso sim, nos suja mais ainda (pintar toda a bolinha com a cola preta). Mas Deus pensou em tudo e até para situações que acreditamos não ter mais solução, Ele ajuda, nos enviando o Espírito Santo! (colocar o pratinho com o Gliter ou brocal dourado) O Espírito Santo é capaz de iluminar nossa vida deixando-a com um brilho diferente, afinal quem se deixa mergulhar no Espírito recebe uma luz capaz de afastar toda escuridão que se aproxima. Este brilho, esta luz vem de Deus por isso modifica nossa condição. Esta luz (Jo 1,9) nos ilumina, este brilho nos guia para o caminho do bem e nos faz sentir filhos de Deus.
Você quer aprender a caminhar guiado por esta luz? Então vamos pedir ao Espírito Santo que nos ajude a mergulhar neste brilho! Vamos cantar aquela música do Nelsinho Correa, Já chegou.
Já Chegou! Já chegou! Espírito Santo já Chegou! .... Se achar melhor escolha uma outra música que você ache mais adequada a seu grupinho (idade e etc).
Quem aqui quer ficar brilhando? pois é para ficarmos brilhando existe dois segredos o primeiro é pedirmos a presença do Espírito Santo e depois é falar com Ele e deixa-lo agir... Fecha seus olhos esquece que tem gente do seu lado e começa a pedir a presença do Espírito Santo. Eu não posso pedir pra vcs, cada um tem que pedir pra si, mas ninguém pode sair daqui sem estar brilhando. Precisamos brilhar assim todos os dia em todos os lugares então pede, pede com força e vai consersando com ele.
Mantenha as crianças na roda e convide-as a fazerem som com a boca, escolham uma sílaba, cada crianças escolhe uma: ba, ti, ra, la... Em seguida ensine-as que para falar a língua dos anjos basta que elas façam sons e pensem naquilo que elas querem falar a Deus sem que outros entendam, seu coleguinha do lado não precisa saber oq eu quer falar a Deus neste momento, por isso faça sons e pense naquilo que deseja falar a Deus. Apenas ELE compreende a oração em línguas. Incentive-as a fazer os sons. Faça-as mergulhar nesta luz que é a ação do Espírito Santo. Lalalalala....Tititititi.... Papapapapapa...

LOUVOR

Leve uma bola ou qualquer outro objeto – de preferencia branco – e passe de mão em mão para que cada criança possa louvar por algo que o Espírito Santo colocou em seu coração. Conduza este momento no sentido que elas expressem o que sentiram com esta experiência de mergulhar na luz de Deus que é o Espírito Santo.

ATIVIDADE
Explicar às crianças que o Espírito Santo na bíblia aparece de diversas formas. Faremos um relógio onde tem alguns dos símbolos e em uma outra oportunidade falaremos sobre eles.



Tema 9: Comunidade – Fruto do Espírito Santo 

Reflexão para os Evangelizadores

Após a vinda do Espírito Santo, os apóstolos se reuniram e continuaram aquela missão que se iniciara na presença de Jesus.  A primeira comunidade cristã (At 2, 42) se iniciou com os apóstolos e se propagou cada vez mais forte com a ajuda do Espírito Santo, que conduzia aquele povo ensinando quais atitudes deveriam expressar e  manter uma vida comunitária.  Tais atitudes descrevemos para que possamos desejar repetir cada ação na expectativa de termos comunidades cristãs mais iluminadas pela ação do Espírito Santo, onde poderemos nos deliciar com a presença continua de Deus. 
Toda comunidade precisa escutar os ensinamentos dos apóstolos, ter oração contínua e precisa “repartir” o pão – precisamos saber que Jesus se dá para cada um de nós através da eucaristia. 
Na comunidade o Padre é aquele designado pelo Bispo para pastorear cada membro deste corpo que é nossa linda igreja.  A igreja é a família de Deus e a eucaristia o centro desta comunidade cristã. 
Ter fé que seremos uma comunidade cristã aos moldes daquela que começou com os apóstolos passa por uma experiência pessoal, onde eu preciso me decidir ser e estar nesta comunidade, porém ao assumir querer ser parte dela, preciso colocar em prática os ensinamentos que os apóstolos, padres, bispos e Papa nos oferecem diariamente.
Que Deus nos ajude com a força do Espírito Santo a promover comunidades cristãs em lugares que frequentamos – trabalho, academia, escola... E que nestas comunidades os frutos do Espirito Santo aflorem em nós e nos torne cada vez mais imagem e semelhança de Deus.
Um bom encontro e que consigamos despertar em nossos pequenos o desejo de ser e estar em comunidade!
ACOLHIDA
Receba as crianças dando um grande abraço nelas. Não deixe nenhuma sem receber um grande abraço. Cante músicas animadas. Se possível faça com que as crianças se abracem.





PREGAÇÃO
Vamos precisar de uma igreja com portinhas grandes,  eu sugiro em EVA. Nas janelas, colocaremos aqueles que compõem nossa comunidade de fé: Jesus, Maria, o Padre e as pessoas.
Faça um resumo de tudo que falamos desde o início do Seminário, se possível leve alguns itens que foram usados durante as pregações. Relembre os temas trabalhados: Semeador, Amor de Deus, Pecado, Jesus Salvador, Fé e Conversão, Senhorio de Jesus, Cura interior, Espírito Santo.  Mostre às crianças a igreja com as portas fechadas e diga que nada do que aprendemos faz sentido se não colocarmos em prática tudo aqui: na Comunidade! Explique a importância da igreja como um lugar que é a casa de Deus. Seu pai, sua mãe, sentem falta de você quando  viaja? Então, Deus sente falta de nós quando não vamos a sua casa, a igreja.  Precisamos desejar estar nela e ainda viver com aqueles que lá também frequentam...
(portinha de Jesus) Lá temos alguém muito importante, que nos espera o tempo todo. Vocês já observaram uma luz vermelha no altar, uma luzinha que fica acesa o  tempo todo? Sempre que entramos na igreja e vemos a luz acesa, significa que Jesus está lá, nos esperando! (abrir a porta central onde tem Jesus) Jesus, fica o tempo todo nos esperando. Ele quer nos ajudar a compreender as vontades de Deus em nossa vida. É muito bom chegar a um lugar e ser bem recebido, Ele nos espera de braços abertos e com muito amor a nos oferecer, basta querermos ir ao seu encontro e seremos muito mais felizes! Venha para esta comunidade você também, Jesus te espera... Nossa, mas tem outra pessoa que também nos espera na igreja e que também é muito importante para nos ajudar a ser comunidade: o padre!
(portinha do padre) – abrir a janelinha que tem o padre – Ele é importante porque a missão dos apóstolos se faz continua em suas ações e palavras.  Com os  diáconos, padres, bispos e  papas  aprendemos mais sobre a palavra de Deus e também sobre a vida dos apóstolos, podendo assim seguir os caminhos que Deus deseja que sigamos e ainda com eles podemos estar bem próximos de Deus através da EUCARISTIA. Os padres são mesmo muito importantes, precisamos amá-los e cuidar para que eles tenham nosso apoio e nossas orações, que Deus nunca permita que eles desviem seu olhar do olhar de Deus!


(portinha de Maria) Mas sabe, descobri uma coisa muito importante, Jesus veio ao mundo não por uma simples criação de Deus. Deus quis que Ele se fizesse homem para vir ao mundo, e Ele escolheu Maria para ser a mãe do filho Dele. (abrir a janelinha com Maria) Maria, desde o momento que foi escolhida, aceitou a vontade de Deus e a partir daquele momento nunca mais saiu de perto de Jesus.  Sendo assim, onde Jesus está, a mãe também está, por isso uma comunidade cristã precisa compreender a importância Daquela que fez a vontade de Deus e caminhou ao lado de seu Filho todo o tempo. Uma mãe amorosa é assim, nunca abandona seu filho, está sempre do seu lado, e quando você se sentir sozinho, conte com a Mãezinha do céu, Jesus divide Ela conosco, peça ajuda a Ela e Ela levará seu pedido a seu filho Jesus.
(portinha da família) Por fim sabe o que falta nesta comunidade? Eu, você, nossa família, nossos amigos, as pessoas que não conhecemos ainda, todos! Uma comunidade é feita de pessoas diferentes. Cada uma a sua maneira, cada um com seu dom. Nossas diferenças somadas se transformam em uma perfeita comunidade cristã. Somos muito importantes para Deus e tudo que aprendemos nos encontros passados nos fazem melhores para que possamos colocar em prática todo aprendizado. Vem fazer parte desta comunidade, coloque seus dons a serviço da igreja, ajude o sacerdote a dar continuidade a missão de Jesus e seus apóstolos! Venha ser um apóstolo, Deus conta com você vivendo em COMUNIDADE!

LOUVOR
Vamos usar uma bola – pode ser de qualquer tamanho, eu adoro aquelas grandes que compramos em circo, azul. Mas pode ser a que você conseguir. Posicione as crianças em círculo , sentadas em cadeiras ou no chão. Cada um louva e joga a bola para outro louvar. Incentive-os a louvar pelo que Deus faz em nossa comunidade.




BATISMO NO ESPÍRITO SANTO
(sugestão de uma criança de um grupinho de oração) Vamos precisar de copo descartável, canudos, água e detergente neutro, transparente – se possível dar um copo para cada criança.
Crianças, somos como este copo ao nascermos, limpinho mas vazios. (distribuir os copos para as crianças) Após sermos batizados, recebemos a água que muda nossa vida para sempre, pois a partir daí nunca mais ficaremos sozinhos (colocar água nos copos)  pois o Espírito Santo de Deus habita em nós e nos promete nunca mais nos abandonar. Ele nos ajuda a ser melhores, nos ajuda a ficar fora de encrenca, longe do pecado. Porém ele fica paradinho, sem movimento e assim acabamos nos esquecendo de que o temos e acabamos cometendo alguns deslizes: mentimos, brigamos, fofocamos, falamos mal das pessoas... Mas Deus quer nos ver longe de todas estas coisas, por isso nos enviou o Espírito Santo (pingar umas gotas de detergente no copo, o suficiente para fazermos borbulhas). Opa, mudou alguma coisa? Não mesmo!!! É porque não basta termos o Espírito Santo em nós, é preciso movimentá-lo em nós clamando para que possamos ouvi-lo a todo instante nos tornando assim pessoas melhores. Portanto só tem um jeito: todos os dias precisamos convidar o Espírito Santo para vir fazer parte dos nossos atos e palavras, assim como vamos fazer com este copo (distribua os canudos e comece a soprar o canudo clamando o Espírito Santo, vem Espírito Santo, vem me transformar!). Estão vendo! É preciso querer movimentar o Espírito Santo em nós para que compreendamos o que Deus quer, somente assim, em oração conseguimos ouvir o que Deus tem para nos falar e nos orientar. Vamos fazer borbulhas agora sem o sabão?? Laralalalalararalalararara...... Vamos juntos rezar a língua dos anjos..... lalalrarralalarindalala..... Amém!!
ATIVIDADE
Desenhe na Igreja aqueles que são importantes na comunidade e também recorte-a e dobre-a.





10 comentários:

  1. Maravilha! Vamos começar o nosso aqui no nosso Grupinho em Sertanópolis no Paraná! Muito obrigado pelo passo-a-passo vai nos ajudar muitoo! Obrigado mesmo!!

    ResponderExcluir
  2. muito bom,ajuda bastante.Deus abençoe a todos.

    ResponderExcluir
  3. Amei !!!! tudo de bom.............

    ResponderExcluir
  4. Que conteúdo maravilhosooooo! Estava precisando de algo assim para trabalhar com as crianças... Deus seja louvado pela partilha de vocês, vamos aplicar aqui em nossa comunidade de Tijucas - Santa Catarina

    ResponderExcluir
  5. Obrigada por compartilhar! Deus seja louvado em sua vida, esses materiais são excelentes

    ResponderExcluir
  6. Louvado seja Deus por essa obra!
    Vamos começar nosso seminário aqui em Mossoró-RN e estávamos procurando um material bom para nossas crianças. Achei tudo aqui!! Muito obrigada por partilhar conosco! Deus abençoe a todos!

    ResponderExcluir
  7. Bom dia! A paz de Jesus!
    Vamos começar o Seminario I no nosso Grupinho Emanuel Kids em Anápolis/GO. E foi uma benção esse passo-a-passo. Mas os questionários só achei até o 2º Tema. Onde posso encontrar para os outros temas?
    Obrigada.

    ResponderExcluir

DEIXE AQUI SEU RECADINHO